Festival de Cinema entre a China e os Países de Língua Portuguesa encerra com grande sucesso
Instituto Cultural
2023-11-29 18:45
  • Fotografia dos convidados na Sessão de Encerramento

  • Sessão de Encerramento

  • Espectáculo musical na Sessão de Encerramento

  • Sessão de Partilha pelo realizador do Filme de abertura

  • Exibição ao Ar Livre

  • Workshop de Dança Folclórica Portuguesa para Pais e Filhos

  • Workshop de Acessórios de Ópera Cantonense

The Youtube video is unavailable

O Festival de Cinema entre a China e os Países de Língua Portuguesa integrado no 5.º Encontro em Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa, organizado pelo Instituto Cultural em colaboração com o Galaxy Entertainment Group e a SJM Resorts, S.A., apresentou, com êxito, sessões de exibição de filmes e várias actividades de extensão. Subordinado ao tema “O Vestuário no Cinema”, o Festival deste ano apresentou cerca de 30 produções cinematográficas em chinês e em português, mostrando ao público o encanto único do mundo do cinema da China e dos países lusófonos.

O filme de encerramento do Festival, “Miúcha, a Voz da Bossa Nova”, foi exibido ao ar livre, no Jardim Secreto do Grand Lisboa Palace Resort Macau, no dia 24 de Novembro. Na sessão, estiveram presentes vários convidados, nomeadamente o Cônsul-Geral da República de Moçambique em Macau, Rafael Custódio Marques; a Vice Cônsul-Geral da República de Angola em Macau, Teresa Dos Santos; o Vice-Presidente do Instituto Cultural, Cheang Kai Meng, o membro do Conselho de Administração do Fundo de Desenvolvimento da Cultura, Chan Ka Io; o Secretário-Geral da SJM Resorts, S.A., o advogado Rui Cunha; a Vice-Presidente de Relações públicas do Galaxy Entertainment Group, Linda Wong; a Membro do Conselho Consultivo para o Desenvolvimento Cultural, Choi Ian Sin e o Chefe do Departamento de Promoção das Indústrias Culturais e Criativas do Instituto Cultural, Ho Hong Pan. Antes da exibição, foi preparado especialmente um pequeno concerto de bossa nova, a fim de permitir que os convidados, os estudantes universitários e o público presentes sentissem o charme único da bossa nova. A seguir, o filme contou a história da vida lendária da cantora brasileira Miúcha.

Subordinado ao tema “O Vestuário no Cinema”, o Festival deste ano reuniu cerca de 30 filmes de destaque do Interior da China, dos países e regiões de língua portuguesa e de Macau. Dividido em quatro secções, nomeadamente, “Vestuário no Cinema”, “Estreia de Filmes Chineses e Lusófonos”, “Exibição de Filmes sobre Macau” e “Exibição ao Ar Livre”, o Festival procurou mostrar a imagem cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa, com a exibição de uma selecção de obras cinematográficas de destaque em chinês, cujos elementos de vestuário e de design de moda tenham sido premiados, com vista a levar os espectadores a entrarem no universo cinematográfico deslumbrante da China e dos Países de Língua Portuguesa, através do vestuário, dos cenários e das figuras de mais diversas formas. O filme de abertura, “Bom Outono, Mamã”, que teve a sua estreia em regiões da língua cantonense, contou com a presença do realizador, Chen Shizhong, que esteve em Macau com o propósito de partilhar com o público as histórias na produção desta obra. Man Lim-chung, famoso director artístico e realizador de Hong Kong, foi também convidado a partilhar a sua experiência de trabalhar como director artístico e guarda-roupa na produção de vários clássicos. O director Hong Heng Fai e o actor Lam Sheung, de filme “Beijando o Chão que Pisaste”, deram a conhecer as histórias por trás da produção do filme, durante a conversa com o público.

Como uma das actividades integradas no 5.º Encontro em Macau - Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa, o Festival de Cinema entre a China e os Países de Língua Portuguesa proporcionou também diversas actividades de extensão, incluindo o Workshop de Acessórios de Ópera Cantonense e o Workshop da Dança Folclórica Portuguesa para Famílias. As actividades de extensão visam levar os participantes a conhecerem os valores culturais do vestuário chinês e português enquanto apreciavam os filmes, demonstrando plenamente a fusão das características culturais chinesas e lusófonas. Nesta edição, teve lugar, pela primeira vez, uma sessão de exibição ao ar livre de filmes de animação numa zona histórica revitalizada, neste caso na Antiga Fábrica de Panchões Iec Long. No mesmo local, foi realizado também o Workshop de Criação de Personagens de Animação para Pais e Filhos, que atraiu muitas crianças acompanhadas pelos seus pais, tendo apresentado um ambiente bastante animado.

Nesta edição do Festival, as sessões de exibição e as actividades de extensão foram realizadas em vários locais da Península de Macau e das Ilhas, o que permitiu oferecer ao público uma experiência imersiva sobre a diversidade da estética da cinematografia da China, incluindo de Macau, e das regiões e países de língua portuguesa. O Festival também contribuiu para a exploração da experiência multicultural, desempenhando o papel de Macau como um “Centro de Intercâmbio Cultural entre a China e os Países de Língua Portuguesa” e contribuindo pra a criação de “uma base de intercâmbio e cooperação para promover a coexistência de diversas culturas, sendo a cultura chinesa predominante”.

Subscreva “GCS RAEM – Plataforma de notícias do governo” no Telegram https://t.me/macaogcsPT para receber as últimas notícias do governo.

Subscreva “GCS RAEM – Plataforma de notícias do governo” no Telegram https://t.me/macaogcsPT para receber as últimas notícias do governo.
Inscrição
GCS RAEM Facebook
GCS RAEM Facebook
GCS RAEM Wechat Channel
GCS RAEM Wechat Channel
澳門政府資訊
澳門特區發佈
GCS RAEM Plataforma de notícias do governo
GCS RAEM Plataforma de notícias do governo
Link is copied.